Tuesday, August 12, 2008

Cantando e Comentando...


... e imitando a Patrícia do http://patsprado.blogspot.com/...

Beautiful boy - John Lennon

Close your eyes
Have no fear
The monster's gone
He's on the run and your daddy's here
Beautiful, beautiful, beautiful
Beautiful boy

Before you go to sleep
Say a little prayer
Every day in every way
It's getting better and better
Beautiful, beautiful, beautiful
Beautiful boy

Out on the ocean sailing away
I can hardly wait
To see you come of age
But I guess we'll both just have to be patient
'Cause it's a long way to go
A hard row to hoe
Yes it's a long way to go

But in the meantime
Before you cross the street
Take my hand
Life is what happens to you
While you're busy making other plans
Beautiful, beautiful, beautiful
Beautiful boy

Before you go to sleep
Say a little prayer
Every day in every way
It's getting better and better
Beautiful, beautiful, beautiful
Beautiful boy

(video: http://www.youtube.com/watch?v=Mrfi8-9JVtE)

Domingo passado foi dia dos pais.
Acho que essa música do John Lennon é um hino que traduz coisas que passam pelos corações dos pais. Ela não me saiu da cabeça nos últimos dias...
Palavras são simples demais para falar do meu pai.
As lembranças e o sentimento são sempre muito intensos.
Tenho muita saudade dele... todos os dias.
Poder contar com seu cuidado e força até hoje, não sendo eu mais a menininha saltitante de tempos atrás, é um conforto sem medida. Como depois de um dia dificil encontrar um lugar de descanso especialmente preparado para mim.
Ele sempre procurou me passar o melhor dele.
Sua paixão por livros, vinhos e boa comida.
Seus valores morais e familiares.
Sua sensibilidade de alma boa que é.
Fora isso tudo, ainda herdei suas bochechas.
E como na música... me deu a mão para que eu atravessasse a rua... e isso... é a melhor coisa do mundo!
Feliz todo dia, meu pai!

2 comments:

Patricia Serenini said...

Ai que liiiiiiiiiiiiiiiiiindo!!!
Todo dia tinha que ser dia de gente especial.
Se bem que gente especial merece dia especial.

Tá bom assim.

Flavia! said...

Chorei que nem criança agora, Paulinha!