Thursday, November 25, 2010

the making of a priestess...


nasceu no outono
sob signo de ar
daí sua leveza

sorriso facil
amizade facil
entrega facil

de uma certa maneira
seu coração seria pra sempre
inocente, infantil até

cresceu nas montanhas
em meio a pores do sol
luas cheias e estrelas cadentes

água de montanha
terra vermelha
passaros cantantes

silêncios e palavras escolhidas
paz e imensidão
sonhos sonhos sonhos

cresceu até não caber
saiu para o mundo
para outros caminhos

sua essência
luz
amor

caiu
levantou
morreu
ressurgiu

abençoada
por Deus
pela natureza
por sua natureza...

Wednesday, November 17, 2010

eu tenho coragem...


é preciso ter um tempo longe daqui
tempo de ficar só
de andar na areia e sumir

amor verdadeiro não reage assim
pode fazer melhor
esconde o medo e sorri

quem já nadou contra a corrente
sabe usar o vento a favor
só o momento é diferente
é a mesma ferramenta que usou

eu não preciso mais fazer o que você diz
dei valor ao meu suor
ninguém decide por mim

se eu agi errado me perdoe
porque eu não quis amarrar um outro nó
que prende pra dividir

o que impede de andar pra frente
é a direção que escolheu
se um abismo separa a gente
quem fez a escavação não fui eu

eu sei que gente que tem coragem não finge
que nada disso aconteceu

quando eu acordei era fim de tarde
meu lado claro escureceu
um novo sol só de manhã

faz envelhecer tendo a mesma idade
de tanto que a alma sofreu

eu sei que gente que tem coragem
não finge

(rodox - quem tem coragem não finge)


video

Wednesday, November 10, 2010

tormenta...


a tormenta...
chegou de repente
varreu seu coração
lavou com enxurrada
sua vida, suas cores

virou bichinho arisco
bichinho quando é machucado fica assim
evita o olhar
foge ao toque
tem medo das palavras
chora quietinho

na boca
um gosto amargo
no coração
medo
no olhar
um vazio

os sonhos
em um canto qualquer da alma
ela os sabia lá

aos poucos
e com receio
ousava olhar para eles

entre ela e os sonhos
ainda havia um caminho
de tormenta...